Projeto para o resgate da história oral dos operários das barragens e usinas da região

Pensando em recuperar um dos processos mais importantes da História da nossa região, o CMTC, Centro de Memória do Trabalho de Canela, vêm desenvolvendo uma pesquisa que tem como objetivo geral analisar a importância política, econômica, social, cultural e ambiental da construção do Sistema Salto. O trabalho vai buscar conhecer este processo, que fez parte do passado da Região das Hortênsias, através da história oral dos operários que trabalharam na Usina do Passo do Inferno (1948), Barragem do Salto (1951), Usinas de Bugres (1952) e Canastra (1956) e nas Barragens Blang (1958), Divisa (1960) e Laranjeiras (1961).

O principal objetivo é conhecer quem foram os operários que trabalharam nestas obras, seu perfil, cotidiano, dificuldades e destino após o término das obras. O CMTC entende o Sistema Salto foi fundamental para a Eletrificação do Estado e para o desenvolvimento da região, transformando não somente a paisagem, mas também a vida destes operários e de suas famílias.

Compartillhar